Close To Us...José Cabral do Blog "O Alfaiate Lisboeta"


Escusada será qualquer tipo de apresentação ao José!

É o blogger mais famoso da nossa praça e o resto são cantigas!

Fotografa pessoas que lhe "saltam" à vista, e simplesmente isso.

Mostra o lado mais cool, mais trendy, mais bonito de quem passa por ele...

Tem o hábito de olhar para trás, quando vê alguém especial. E fotografar essas pessoas, é uma continuação do que sempre fez! Olhar e captar, só que com uma máquina digital!

Nas nossas trocas de email, fiquei a saber de uma curiosidade engraçadíssima. A mãe do José, é minha homónima. Chama-se Maria Jorge!

Que máximo!

Finalmente aqui está ele! Desde Novembro que o estava a tentar "caçar"!!

 

José...

 

Sobre o seu estilo…

 

Como define o seu estilo (de moda e de decoração)?

No que diz respeito ao estilo nunca achei que fosse "isto" ou "aquilo". E, sinceramente, acho que a falta de necessidade de me definir a esse nível está na origem da minha abertura de espírito para estéticas distintas e explica, em certa medida, a minha relação muito básica e primária (desprovida de rótulos, catalogações ou qualquer tipo de teorização) com a moda, a decoração ou qualquer outro universo estético.

 

Qual a sua maior “tara” de vestuário?

Não tenho nenhuma em particular.

 

É absolutamente dependente de…
Sinceramente não me ocorre nada.

 

Sobre “O Alfaiate Lisboeta”

 

Um bom motivo para fotografar alguém?

O seu sentido estético.

 

Máquina digital ou analógica?

Acho que se não fosse o aparecimento da fotografia digital a minha relação com esta actividade jamais se teria aprofundado.

 

Em que cidade mais gosta de fotografar e porquê?

Não creio que haja uma cidade onde goste mais de fotografar. Acho que há cidades que, pelas suas particularidades, têm os seus atractivos próprios. Milão é uma cidade onde existe uma cultura de estilo muito peculiar e Nova Iorque oferece-nos uma variedade estética inigualável. Mas estes são apenas dois exemplos relativamente óbvios. Como essas há muitas outras cidades com os suas particularidades.

 

Que tipo de abordagem faz a uma pessoa para a fotografar?

A mais simples que possa imaginar. Quase tanto como solicitar uma indicação ou perguntar as horas.

 

Muita gente recusa ser fotografada?

Não.


Gosta de ser fotografado?

Não faço questão. Gosto de tirar fotografias com pessoas próximas em ambientes pessoais na óptica de guardar momentos para a posteridade.

 

Sobre si…

 

Quantas horas dorme?

À volta de 6.


Objeto favorito?

Acho que não tenho nenhum.


Blogs que segue diariamente?

Não sigo nenhum blogue diariamente.

 

Filme que viu mais vezes?

O Cinema Paraíso e o Império do Sol.


Qual a música que mais ouve?

Sei que, quando há uma música da qual gosto, a oiço em loop até à exaustão. A última com a qual isso sucedeu foi esta

 

Um prazer do qual não abdica?

Almoçar e jantar com amigos.


Qual é a palavra que melhor define a sua vida?

Faço por que seja "felicidade".

 

O que o tira do sério?

Muitas coisas. Provavelmente o que todas essas coisas ou situações têm em comum é o tema "injustiça".

 

Uma coisa que as pessoas provavelmente não sabem sobre si?

Deve haver imensas. Espero que sim, é sinal de que não falo demais (risos)

O Alfaiate em fotos...

CONVERSATION

0 comentários:

Publicar um comentário

Back
to top